fbpx
Torres Vedras mantém os 7 casos "ativos" de COVID-19 mas tem mais testes negativos (22 Maio)

Torres Vedras mantém os 7 casos "ativos" de COVID-19 mas tem mais testes negativos (22 Maio)

Depois de nos ter chegado ao conhecimento, conforme referido em notícia anterior, que uma comunidade de trabalhadores migrantes a laborar na hortifruticultura do concelho foi atingida pelo Coronavírus, com dois infetados e 19 outros indivíduos em quarentena profilática no Pavilhão da Expotorres, já contabilizados em dias anteriores da semana, segundo dados recebidos da Proteção Civil de Torres Vedras / Câmara Municipal mantem-se os 7 casos "ativos" de ontem, onde um aparenta ser "falso positivo".

Ainda assim, chegarm mais resultados a testes efetuados, com resultado negativo a COVID, o que fez baixar para 8 as pessoas a aguardar resultados laboratoriais neste momento, estando ainda 60 indivíduos em "vigilância ativa" devido a contactos suspeitos.

Relembramos que dos 50 casos "confirmados" desde início da pandemia 43 já foram dados como "recuperados" não havendo a lamentar qualquer vítima mortal.

Os casos "ativos" em Torres Vedras estão distribuídos pelas freguesias do concelho da seguinte forma:

  • Santa Maria, São Pedro e Matacães: 4
  • Freiria: 1
  • Silveira: 1
  • União das Freguesias de A dos Cunhados e Maceira: 1

"Sublinhe-se que um dos casos ativos é um possível falso positivo que aguarda confirmação pelo Instituto Nacional de Saúde Dr. Ricardo Jorge".

Deixamos alguns dos conselhos emanados das entidades referidas:

"A utilização de máscaras previne a dispersão do vírus pelo que a população deverá, sempre que possível, utilizar esta proteção de forma generalizada. O uso de máscaras ou viseiras é obrigatório, nos termos do Decreto-Lei n.º 20/2020 de 1 de maio, para o acesso ou permanência nos espaços e estabelecimentos comerciais e de prestação de serviços, nos serviços e edifícios de atendimento ao público e nos estabelecimentos de ensino e creches pelos funcionários docentes e não docentes e pelos alunos maiores de seis anos. É ainda obrigatório o uso de máscaras ou viseiras na utilização de transportes coletivos de passageiros.

Esta medida complementa as medidas de distanciamento e isolamento implementadas, bem como as recomendações de higiene e etiqueta respiratória já divulgadas.

Em caso de sintomas, apela-se à população para que não se dirija ao Hospital de Torres Vedras e utilize a linha SNS24 (808 24 24 24)".

 

Login to post comments

News Letter

Subscreva a nossa  News Letter para receber as noticias que publicamos "na hora"...

Estão Online:

Estamos 852 Visitantes e 35 Membros Online

 

revista generalista

Torres Vedras

região Oeste e norte de Lisboa