Escola da Freiria, Torres Vedras, fechada com correntes e cadeados por alunos em protesto

Escola da Freiria, Torres Vedras, fechada com correntes e cadeados por alunos em protesto

Centenas de alunos da Escola EB 2-3 da Freiria, em Torres Vedras, fecharam o estabelecimento de ensino com correntes e cadeados esta manhã, continuando a manifestar-se frente à Escola até início da tarde, devido à "falta de condições existentes e ao protelar consecutivo do início das obras de beneficiação" que estavam previstas para este verão e, ao que foi dito, uma vez mais adiadas.

Rachas no piso, salas fechadas por falta de condições, morcegos nas salas, paredes seguras por grades, um polidesportivo que inunda sempre que chove, são algumas das causas que motivaram esta manifestação de alunos e pais, "fartos de esperar por obras prometidas e à espera de que a qualquer momento aconteça algo menos bom a uma criança".
Vitor Santos, o diretor do Agrupamento de Escolas São Gonçalo, em que a Escola de Freiria está englobada, embora não tenha prestado declarações sobre o assunto, encontrava-se reunido com os responsáveis locais do estabelecimento desde perto do meio dia e durante toda a hora de almoço do dia de hoje.
Estivemos no local e pudemos escutar o presidente da Junta de Freguesia, Pedro Bernardes, a quem a GNR pediu ajuda para abrir as correntes e cadeados, e que há muitos anos vem lutando pela melhoria das condições no estabelecimento de ensino, alguns pais e alunos presentes...


Media

Login to post comments

O Estado do Tempo em Torres Vedras

News Letter

Subscreva a nossa  News Letter para receber as noticias que publicamos "na hora"...

Estão Online:

Estamos 1008 Visitantes e 17 Membros Online

 

revista generalista

Torres Vedras

região Oeste e norte de Lisboa